terça-feira, 29 de setembro de 2015

Palestra : Relacionamentos: Causas Comuns de Desentendimento e Auxilio para o Fortalecimento Saudável .

Psicóloga Cheiza Cristine Pellate , faz um Bate -papo descontraído sobre:-  Relacionamentos: Causas Comuns de Desentendimento e Auxilio para o Fortalecimento Saudável. 

Dia 15/10 ás 20 horas no recinto Maison por Renan Ferrari. 
Aguardamos sua presença  , vagas limitadas. (Limeira , São Paulo) 

Maiores informações : (19) 3033.5202

domingo, 27 de setembro de 2015

Síndrome de Burnout: Quando o esgotamento profissional vira doença.

   Com o mercado competitivo as pessoas acabam se entregando demais aos seus respectivos trabalhos aumentando demais sua produtividade e carga horária, assim acarretando prejuízos para a própria saúde.


   A Síndrome de Burnout é a consequência desse ritmo de trabalho desgastante, ela é caracterizada pelo estresse crônico e tensão emocional, causados por condições de trabalho físicas, emocionais e psicológicas desgastante. O termo burnout significa que o desgaste danifica aspectos físicos e psicológicos da pessoa, sua tradução do inglês é, “burn” quer dizer “queima” e “out” significa “exterior”. Essa doença pode ser encontrada em qualquer profissão, mas em geral atinge profissionais que lidam direto e intensamente com pessoas e influenciam suas vidas. Como por exemplo, nas áreas da saúde, educação, assistência social, recursos humanos, bombeiros, policiais, advogados, jornalistas, entre outros.

   Os sintomas psíquicos dessa síndrome é a sensação de esgotamento físico e emocional que se reflete em atitudes negativas, como ausência no trabalho, isolamento, agressividade, variações de humor, dificuldade em concentração, lapsos de memória, agressividade, ansiedade, baixa autoestima, depressão. Já os sintomas físicos são dor de cabeça constante, pressão alta, tontura, falta de ar, sudorese, insônia, excesso de cansaço, dores musculares, distúrbios gastrintestinais, palpitações. O diagnóstico leva em conta o levantamento da história do paciente e seu envolvimento e realização pessoal no trabalho. Respostas psicométricas no questionário baseado na Escala Likert que ajuda a estabelecer o diagnóstico. Para o tratamento é indicado psicoterapia, medicamentos e exercícios físicos.

   Na psicoterapia o psicólogo vai ajudar o paciente a trabalhar com o estresse, ensinando-o a evitar e diminuir seu nível através de troca de experiências que ajudam a melhorar o autoconhecimento e a ter mais segurança no seu trabalho. O tratamento com uso de medicamentos vai ser um tratamento prescrito por um psiquiatra, o antidepressivo ajuda no tratamento reduzindo os sintomas de incapacidade e aumentando a confiança do paciente. Atividade física regular e exercícios de relaxamento devem entrar para a rotina da pessoa, pois ajuda a controlar e diminuir os sintomas psicológicos e físicos. É ideal que o paciente siga todas as recomendações passadas a ele para que sua recuperação seja mais rápida e eficaz, assim tendo novamente uma vida e mente saudável.

   Se você se identificou com esse texto ou conhece alguém que esteja passando por essa situação, procure uma ajuda profissional, consulte um psicólogo para assim melhorar sua qualidade de vida e seu dia a dia no trabalho.


Annelise Brandrão Rodrigues Perez

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

A Psicologia e técnicas de vendas: Treinamento do Bom Vendedor




   Pensando em Técnicas de vendas, já presenciei inúmeros vendedores de lojas perdendo sua venda em potencial por não usar o comportamento e argumento correto ao se relacionar com o cliente, a partir de agora, vamos postar eventualmente técnicas diversificadas de vendas para que o jovem vendedor e/ou vendedores experientes e/ou equipes de treinamento de lideranças aperfeiçoarem suas estratégias de vendas para melhor esclarecimento e preparo do vendedor e atendimento do publico.

   Primeiramente um bom vendedor deve estar Psicologicamente preparado para ele como ser individual, para o cliente que vai até ele, para a venda que irá se efetivar e para a volta do cliente.

   Para conseguirmos compreender mais a fundo a estratégia de venda precisamos compreender que um Profissional de vendas necessita estar preparado para o dia a dia com exercícios diários do bom vendedor:

1- ANIME-SE SOZINHO: Fale com ânimo e positividade sobre quem é você, seus aspectos positivos, sua personalidade, casa e amigos. Suas conquistas e oportunidades rotineiras sempre de modo positivo;

2- VISUALIZE OS RESULTADOS POSITIVOS: Forme em sua cabeça uma imagem fixa mental que vibre seus objetivos de vida no presente aqui e agora, pense neles de forma clara e objetiva para seu futuro imediato, sem deixar para depois;

3- ALIMENTE-SE BEM: Tenha uma alimentação leve e saudável, para manter seu corpo bem e disposto;

4-  SOCIALIZE-SE COM PESSOAS COM A MESMA ENERGIA QUE VOCÊ: Se você vibra energia positiva como um bom vendedor, evite o contato direto e/ou constante com pessoas pessimistas e/ou negativas, contemple pessoas positivas em sintonia de crescimento;

5- ESTUDE E RECICLE-SE: Um bom profissional mantem-se em gradual estudo para melhorar suas práticas e técnicas, nunca estacione e busque sempre mais!

6- AMPLIE SEU TEMPO: Tempo é dinheiro e isso é um fato, determine suas ações diárias, trace metas, objetivos, reúna-se com pessoas que você se espelha, busque mais para você conseguir ainda mais para sua carreira ampliar e brilhar;

7- FAÇA UM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE CARREIRA: O plano estratégico diz quem você é no momento, quem você quer ser, e onde quer chegar nos próximos anos ou meses, onde você quer chegar depende unicamente de você.


quinta-feira, 17 de setembro de 2015

O poder do elogio



   Depois de muito refletir fiquei pensando quem é que não gosta de ser elogiada depois da conclusão de algo bem feito com muito trabalho ou até  mesmo pelas coisas simples  do dia a dia?


   Por vivermos numa sociedade com grandes tendências e potências críticas para os erros com trabalho, produção, escola e entre outros, perdemos muitas vezes o contato com nosso senso essencial para a valorização das conquistas diárias consideradas como elogios.

   O elogio é fundamental para a formação de qualquer ser humano, um dos principais ingredientes para a construção da autoestima e da segurança, onde vemos que quando somos crianças e fazemos algo que nossos pais gostam ou sorriem repetimos inúmeras vezes para novamente sentir a aprovação das autoridades, neste caso a figura dos pais.

   Durante a infância, é necessário que os pais estejam atentos para elogiar os filhos pois, assim, eles desenvolvem o potencial da autoestima para o ser individual que é a criança. Com o tempo os elogios diminuem porém a auto imagem firmada na autoestima infantil não se abala conforme os anos forem passando.

   Quando uma pessoa trata mau um outro alguém a autoestima diminui e isso pode afetar 
a forma que esta pessoa se vê diante as outras, como por exemplo uma criança que é acusada de ser "burra" ela internaliza, e acredita realmente ser, quebrando totalmente sua autoestima perante si e a sociedade.

   Quando as críticas se fazem necessárias, o indivíduo necessita  ponderar sua atitude e forma de se pronunciar, pois além de apontar o negativo pode plantar ainda mais negativo na pessoa que já está fragilizada. Para falar sem agredir sugira junto a crítica  alguma solução construtiva para mudarem juntos, onde um ajuda o outro no desenvolvimento integral. 

   Com respeito, o elogio torna-se mais fácil e construtivo, fale somente o que de fato é necessário, não exagere e trate bem as pessoas sem moderação!

   O elogio é como flores delicadas em um jardim, caso você não regue ela murcha e morre, caso você regue tudo florescerá e ficará ainda mais lindo do que quando se iniciou.